As ferramentas do BI Microsoft para as diferentes necessidades de negócio

Neste post vamos comentar um pouco sobre as necessidades atuais de BI nas empresas e quais ferramentas do BI Microsoft são as mais indicadas para os diferentes usuários e suas diferentes necessidades.

Muito se comenta que as ferramentas de BI precisam proporcionar aos usuários dados de diversas fontes para tomada de decisão de forma rápida e que os próprios usuários finais possam gerar seus relatórios e dashboards sem depender da área de TI, e que isso pode acabar diminuindo a aplicação do “BI tradicional” – esta que seria uma nova tendência para o BI. Porém é preciso tomar algumas precauções com esta abordagem, já que este BI descentralizado e sem estar alinhado à estratégia organizacional pode proporcionar alguns problemas e limitações (como bem explica o post da Jen Underwoord analisando o relatório do Gartner sobre os fornecedores de ferramentas de BI e Analytics – http://www.jenunderwood.com/2015/03/10/gartner-2015-bimq/), como dados sem qualidade, ausência de comparativos históricos, inexistência de padrões de nomenclatura. Ou seja, não haveria uma versão única da verdade, o que poderia provocar a falta de confiança nos dados.

Por isso é importante tentarmos entender as diferentes aplicações que os sistemas de BI podem ter nas organizações, e como as diferentes ferramentas podem ser aplicadas para cada tipo de usuário, que possui necessidades específicas de informação. A seguir seguem como exemplos três níveis de usuários que trabalham com ferramentas de BI de formas diferentes:

Executivos e diretores: precisam enxergar a situação atual da organização, através de dashboards, indicadores e relatórios de BPM;

Gerentes e usuários de negócio: precisam acessar informações mais detalhadas através de recursos OLAP e ferramentas que permitam o cruzamento de dados externos com dados do DW;

Analistas e usuário avançados: necessitam de ferramentas para realizar análises preditivas e aplicar técnicas de mineração de dados para identificar tendências e padrões que possam gerar vantagens competitivas. A tabela abaixo ilustra basicamente as ferramentas do BI Microsoft para as diferentes necessidades de informação para tomada de decisão:

microsoft_ferramentas_usuarios

A Microsoft é um exemplo de fornecedor que possui ferramentas de BI e análise de dados para todos os tipos de usuários da empresa, desde o “BI tradicional” com a criação de relatórios de rotina até as análises pontuais para a criação de relatórios e consultas ad hoc. Por isso mais uma vez ela se encontra entre os líderes do quadrante mágico de BI do Gartner, onde ela está sendo comparada com os principais fornecedores de BI, sendo que muitos deles não possuem ferramentas que atingem a todos estes níveis de usuário citados.

Concluindo, acredito que o BI tradicional ainda permanecerá tendo um papel fundamental nas organizações, já que ele é um aliado da área de negócios e apoia a compreensão completa dos dados de todos os sistemas que existem na empresa, realizando tarefas de integração, manutenção de base histórica e tratamento destes dados, proporcionando que todos os usuários acessem a mesma informação e confiem nela. O self-service BI, conforme destaca o Gartner, cada vez ganha mais espaço, porém talvez ele precise ser implantado como um processo posterior à implantação do DW e/ou de data marts, quando a empresa já tenha suas metas e indicadores definidos e uma maturidade maior, podendo então partir para este tipo de análise mais específica, com os usuários mais adaptados com relação à utilização de ferramentas de BI. E as análises de data mining, que são mais voltadas para a estatística, sempre serão um diferencial para as empresas devido a este crescimento explosivo dos dados e a dificuldade em analisá-los.

Obs: vale destacar que, apesar de na tabela acima ter sido citado especificamente para a geração de dashboards, um DW proporciona informações para todos os níveis organizacionais, cada um deles enxergando a informação com o nível de detalhamento necessário para apoiar suas decisões (estratégicas, táticas ou até operacionais).

Sugestão de leitura relacionada:

Gartner – Magic Quadrant for Business Intelligence and Analytics Platforms 2015

http://www.gartner.com/technology/reprints.do?id=1-2AEDBU3&ct=150223&st=sb

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s